#AnulaDiscursoDeÓdio

Atualizado: Jan 2

Para evitarmos ceder ao confronto com o ódio, primeiramente precisaríamos entender um pouco porque esse ódio se manifesta .


Já percebemos que não adianta argumentar com fatos , isso não está em pauta quando tentamos debater com alguém que demonstra incapacidade de ter empatia .


Eu penso que, muitas vezes, não tem a ver com inteligência, nem com falta de caráter, mas sim com algo que eles precisariam enfrentar, e que, não vão porque é sofrido demais... isto é, enfrentar eles mesmos... suas questões emocionais que dizem respeito a sua própria imagem... Isto é, a imagem que fazem de si mesmos... e que não é uma imagem boa.


INDEPENDENTEMENTE de sua CLASSE SOCIAL, RACIAL e ESCOLARIDADE, não se aceitar, não gostar de si mesmo, querer agradar, e ser admirado por quem quer que seja, faz certas pessoas tomarem uma posição de busca de superioridade, calcada na humilhação de outros...


Então, argumentos com provas concretas ( fatos), não correspondem aos objetivos que eles, muitas vezes inconscientemente , buscam para restaurar uma imagem arranhada que tem de si mesmos...


Como se constrói uma imagem da si mesmo?

Desde muito cedo , desde bebê , e como ele é inserido dentro da família .

O olhar que os pais lançam à essa criança funciona como um espelho pra ele ir definindo quem ele é.

Não se trata de colocar a culpa nos pais, pois eles tbm se estruturaram através de outras famílias .


Se torna sim, muito difícil, estabelecermos um debate, onde o emocional ( de cada um dos lados) fala mais alto... principalmente, quando um dos lados está carente de aprovação... EU EU EU, é o que predomina...

Existe uma sede de vingança = pisar em cima do outro, pra ficar mais no alto!!!

Por isso acabam se IDENTIFICANDO COM ALGOZES. ( poder)


Nos sentimos impotentes diante da tentativa de um debate permeado de ódio , onde os fatos não têm "sentido " para o sujeito em questão. Não temos como competir como a história infantil dele e tudo que agregou de insatisfações .

É como se disséssemos: " o teu pai te ama" e ele responde agredindo que " NÃO ".


Vera Klein


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo