Criticas de progressistas ao projeto ECDE

Atualizado: Fev 10

Text auf deutsch

Texto em español

Testo italiano

Claro que nem toda a esquerda e os progressistas são a favor do projeto. Encaram como uma ode ao capitalismo selvagem que deveríamos combater.

A esquerda não fez voto de pobreza, a direita e a extrema direita brasileira repetem o mantra “comunista de Iphone” e assim esse mito surge como verdade universal. Eu quero viver bem, eu quero conforto e uma vida digna para minha família, mas não apenas para minha família, quero para todos os trabalhadores do planeta. Estamos inseridos dentro desse sistema, é impossível alcançar bem estar social sem o capital, e obviamente, não derrubaremos o capitalismo amanhã.

O que vejo é que as pessoas estão desesperadas no Brasil, desemprego ou empregos precarizados, fome, aumento absurdo de preços de itens básicos como comida e gás de cozinha, venda das riquezas brasileiras sem que os lucros gerem benefícios para a maioria da população.

Costumo fazer uma analogia, em 2016 perdemos uma guerra, a direita tirou do armário a extrema direita e nos trancaram lá, somos reféns deles todos, que agora tem na mão os espólios dessa guerra, toda a riqueza do país, para fazerem o que quiserem sem prestar contar a ninguém.

Ora, se o capitalismo juntamente com os ultra/neo/liberais nos levou a isso, creio que é chegada a hora de tentarmos uma outra alternativa de luta, a revolução também pode ser alcançada através do uso das mesmas armas do inimigo. A única língua que a direita e seus cães de guarda entendem perfeitamente é a do dinheiro. Quando leio o que os fascistinhas e outros eleitores arrependidos do presidente, incomodados com nosso projeto escrevem nas redes, me dá a sensação de que estamos no caminho certo. Se vai funcionar? Não tenho a resposta, não sei, mas o que sei é que cansei de levantar minhas bandeiras para que desclassificados de todas as cepas as arranquem de minhas mãos, cuspam nelas e as rasguem, para mim é hora de tentar outras alternativas de luta. Como disse Lula, os pobres não são o problema, são parte da solução.

Os rancorosos que nos tiraram do poder sabem que somos melhores que eles na distribuição de renda, no desenvolvimento e aplicacão de projetos de bem estar social, e vejam só, na economia também, os números dos governos trabalhistas no Brasil falam por si só comparados com governos anteriores, e por mais que qualquer pessoa possa ter criticas aos governos petistas, isso não muda esses números, em curto espaço de tempo fizemos mais e melhor e aí reside nossa força, podemos tentar fazer como Lula e ensina-los a gerir o capitalismo de forma que ele beneficie a todos e não apenas alguns.

Queria dizer aos críticos progressistas ferrenhos do nosso projeto, que pensem nas milhares de pessoas que estão sendo beneficiadas por ele, estão vendendo seus produtos e serviços através da nossa rede solidária e com o lucro, estão pagando suas contas atrasadas, alimentando seus filhos, etc. Entrem no grupo, conheçam as pessoas, as histórias, já temos milhares delas, e nesse sentido, o Esquerda Compra Da Esquerda já é um caso de sucesso. Queremos empoderar economicamente quem respeita direitos humanos, sociais, trabalhistas e o meio ambiente e isso já está acontecendo, não precisam gostar de nós nem do que fazemos, mas nos respeitem, respeitem a dor de quem está desesperado e sem opção de trabalho e renda e busca por alternativas.


Erica Caminha



18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo